Home  Artigos
Que Fazer Depois de Formado?

por
Cida Conti

Depois da formatura vem sempre a dúvida, o que fazer para ter espaço e reconhecimento no mercado de trabalho ? Para mim, não existem regras, receitas ou fórmulas a serem seguidas pelos recém-formados. O que existe sim em concreto, são possibilidades, enquanto nosso norteador único do momento deverá ser pelo menos aquilo que não queremos.

Um fato que ajuda a evitar a horrível sensação de “estarmos perdidos” é a análise e experimento das opções de mercado antes mesmo da formatura. Posso assegurar que ter ficado atenta desde o começo de minha vida acadêmica me ajudou demais no combate às ansiedades que teria tido na época em que acabei a faculdade. Fazer estágios e participar ativamente da vida acadêmica, faz diferença porque começamos a delinear nossos caminhos desde estes primeiro contatos com cada possibilidade. Elencar, dentro do escopo de nossa formação, quais as áreas que mais nos agradam, que foram objeto de nossos estudos e trabalhos durante a graduação é também o muito importante.
Enquanto você define o que quer e onde quer trabalhar, não perca seu tempo ficando parado. O Investimento em qualificações que o mercado exige de profissionais de todas as áreas é uma boa dica. O mercado de educação física está aquecido, mas para profissionais qualificados. Por isso, recomendo também o investimento em línguas, em cursos que você acredita que farão diferença no seu currículo. Além de investir na carreira, cursos, workshops e seminários são ótimos meios para fazer contatos. São bons espaços para network, com amigos e outros profissionais.

Para deixarmos as coisas mais claras e tentarmos fugir desta grande encruzilhada, termino fazendo algumas questões aos companheiros egressos:

1.     Você ama o que faz? Caso a resposta seja sim, mais um motivo para se dar bem e se dedicar em dobro.

2.     Você tem talento para o sucesso esperado? Essa é uma boa pergunta, pois você pode amar o que você está fazendo, porém sem nenhuma chance de ser bem sucedido. De nada adianta, por exemplo, trabalhar no segmento que tanto sonha se não reunir as habilidades capazes de fazer de você um vencedor.

3.     Você tem conhecimento necessário para prosperar?

O talento sozinho não garante o sucesso. Você deve conhecer muita gente, artistas, por exemplo, que têm muito talento e acabam no anonimato. O talento é indispensável para fazer algo com maestria, mas o conhecimento dará a base necessária para transformá-lo em ouro.

4.     O que quer fazer tem reais possibilidades de sucesso? Você pode amar o que faz e ter desenvolvido o talento necessário para conquistar o que deseja, mas se não há potencial para comercializá-lo, você não conseguirá alcançar o sucesso que tanto espera. 




5.     Estou trabalhando o suficiente para conseguir o que quero?

Tem gente que reúne os quatro primeiros quesitos e acha que o sucesso está garantido. Daí cruza os braços, bota as pernas para o alto e espera o dinheiro cair do céu. O que acontece? Vê todas as oportunidades fugirem por entre os dedos, como se água ou areia fossem.




Em resumo, se você respondeu "não" a qualquer destas perguntas saiba que suas chances de sucesso são limitadas, daí o melhor é mudar seu caminho enquanto há tempo. Porém, se respondeu “sim” para todas as perguntas, não quer dizer que você já esteja no paraíso, mas a vitória certamente chegará!

Sucesso para você!


 

 

Imagem7 Cida Conti
Mais de 870 cursos ministrados em 25 países
Educadora Física, International Presenter, Diretora Executiva da Escola Fitness e FIT.PRO

 
Comentários Comentários
comentários por Disqus