Home  Artigos
A Comunicação nas Aulas de Ginástica

por
Cida Conti

Para ministrar aulas de Ginástica é necessário que o professor mantenha uma comunicação constante com o aluno. Para isso cada um utiliza uma série de informações verbais, que facilitam o acompanhamento da aula de forma continua, clara e fluída. Imagine se alguém tivesse que ministrar uma aula limitando-se simplesmente à execução dos movimentos, sem utilizar palavras que pudessem anunciar as mudanças de um passo para outro, sem falar das direções, enfim! Seria praticamente impossível para o aluno segui-lo de forma contínua, posto que ninguém tem a capacidade de adivinhar o que passa na cabeça de quem conduz a aula. Fazer uma aula de um professor que não tem domínio sobre esta habilidade pode ser estressante e até desagradável para o aluno.

Por outro lado, muitos professores não consideram a informação que chegam através de cada participante, permitindo que observemos suas sensações de agrado, desagrado, tão facilmente notados através de gestos e atitudes.

De forma geral, a comunicação nas aulas poderá ser organizada da seguinte forma:

1. A Informação do Professor para o Aluno

Trata-se de um conjunto de avisos para que os participantes possam nos seguir com facilidade, segurança e ainda de forma divertida. Estas informações deverão respeitar alguns aspectos:

ü  Devem ser dadas com a antecipação apropriada à execução de um movimento

ü  Devem ser claras. Em alguns casos os gestos poderão ser mais esclarecedores que palavras)

ü  Devem ser adaptadas e adequadas ao coletivo normalmente

ü  Devem ser adequadas e sem exageros que possam intimidar os alunos


Existem cinco tipos de informações:

ü  As que informam a lateralidade dos movimentos

ü  As que informam a direção

ü  As que têm caráter ritmico: indicam se a execução debe ser mais lenta ou mais rápida, contratempos

ü  As de caráter numérico: número de repetições

ü  As que indicam os passos em si
 

 

Por último, estas informações podem chegar através de duas vias:

 

ü  Canal visual: gestos

ü  Canal auditivo: auditivo

Ambas se combinan para permitir que as transições sejam fáceis de acompanhar, sendo tão importantes como o domínio da pedagogia ou da motivação. Um professor deve estar totalmente preparado para usar os dois tipos de informação, inclusive simultaneamente.

 

Informação Verbal

Se considera informação verbal, tudo aquilo que o professor comunica através da libguagem. O objetivo de seu uso é antecipar ao aluno os movimentos, giros, mudanças de plano, variações, etc…para que o mesmo possa seguir a aula sem interrupções. Para isso deveremos considerar:

 

ü  Atribuição de nomes aos passos quando os executemos. Desta maneira, o aluno acabará aprendendo cada um deles e saberá executá-los quando sejam antecipados

ü  De acordo com cada expressão ou palavra, deveremos utilizar mais ou menos pulsos da música para anteciparmos. Normalemente isso acontecerá nos quatro últimos tempos do um “oito”

ü  Poderemos usar a contagem regressiva nos últimos quatro tempos que antecedam uma mudança

ü  A voz deve ser “modulada” dentro da música, de forma que ambas soem de forma harmônica

ü  Todas as informações devem ser claras, breves e objetivas. Não usem frases longas

ü  Informe o número de repetições de um passo, ou quantidade restante

ü  Se necessário, indique a perna líder que inicia um movimento


Informação Não Verbal ou Gestual

Se trata de todo tipo de informação tanto visual como sonora, que não utilize a linguagem. Pense que quando a sala está cheia, somente os alunos mais próximos poderão lhe ouvir com clareza, restando aos demais guiarem-se por aquilo que veem. . Para estes, este tipo de informação acaba sendo o mais importante.
Procure colocar em prática os seguintes pontos:


ü  Utilize algum gesto ou som para atrair a atenção de todos e logo dê a informação que necessite para mostrar o que deseja.  Pode ser uma palma, assovio, etc…

ü  Use claramente suas mãos e braços para indicar o que deseje

ü  Todos os sinais e gestos devem ser executados acima da cabeça, caso a sala esteja cheia. Isso facilitará o alcance visual aos alunos que estejam mais atrás da

ü  Atribua códigos gestuais para os passos. Por exemplo: braços abertos em forma de "v" para determinar um passo "v". Desta forma,  com um simples gesto seus alunos saberão  que movimento deverá ser feito a seguir

ü  Mostre muito claramente e sempre por cima da cabeça, com as mãos abertas, olhando para frente, quando queira que seus alunos parem um deslocamento e permaneçam  num movimento mais

ü  Conte com os dedos, regressivamente, os últimos quantro tempos prévios a uma mudança. Indique também com os dedos e regressivamente o número de repetições de um passo a

ü  Existem certos gestos internacionais para designar uma ordem, como por exemplo tocar a cabeça com a palma de mão para indicar que que voltaremos ao princípio. Os dedos em movimento circular para cima, indicam a excução prévia de um giro para indicar "desde el principio", círculos con el dedo índice para indicar un giro etc.

  

Informação Verbal + Informação Gestual em Simultâneo

O gesto e a palavra necessitam estar unidos durante a aula e os dois devem querer dizer o mesmo. Em muitas ocasiões ocorre que o professor diz algo e seu corpo poderá expressar alguma coisa diferente. Nestas horas o corpo sempre tem maior credibilidade perante os alunos. Quando as mensagens verbais e gestuais são contraditórias, se debilita a imagem criada por uma pessoa. Ao contrário, quando os dois tipos de mensagens se complementam, se fortalece a “impressão” que alguém causa aos demais.

 
Informação que nos transmite o aluno/praticante

Nosso aluno também é transmissor de informações que são indicadas em todo momento mediante expressões e gestos. Se o aluno aprendeu um passo, se se encontra perdido na aula, se uma coreografia o agradou, se está cansado, enfim! O aluno ´´sem dúvidas o protagonista das nossas aulas e é para ele que temos que nos dedicar durante cada sessão. Disto poderemos concluir que as informações que os praticantes nos trnsmitem são essenciais para toda aula grupal.

 

 

 

Imagem7 Cida Conti
Mais de 870 cursos ministrados em 25 países
Educadora Física, International Presenter, Diretora Executiva da Escola Fitness e FIT.PRO

 
Comentários Comentários
comentários por Disqus